Bahrein

Com uma posição estratégica do ponto de vista económico e político, o Bahrein é hoje um país com importância relevante no Médio Oriente, graças sobretudo ao refinamento de petróleo. A descoberta do ouro negro colocou em segundo plano a pesca de pérolas, que foi durante anos característica deste país insular do Golfo Pérsico. Independente desde 1971, o país é considerado dos mais liberais no que toca à prática da religião islâmica. Contudo, não é de estranhar encontrar nas ruas mulheres com véus ou burkas. A religião mantém-se muito enraízada no país, apesar dos ideias capitalistas tenderem a alterar essa situação, no futuro. 

No total, o país é constituído por 35 ilhas e algumas ilhotas, sendo que apenas três são habitadas, Bahrein, a maior de todas, Umm Nassam e Al Muharraq. Destaque-se que a ilha principal se encontra ligada a Al Muharraq e a Sitra por uma estradas e pontes. Todas as ilhas que compõem o país misturam a cultura com a beleza natural. Além das belas praias, os turistas podem apreciar uma fauna e flora muito ricas, com mais de 200 espécies de árvores e inúmeros animais, nomeadamente gazelas, lebres e mangusto. Entre as praias mais conhecidas destacam-se Asry, Juffair, Abu Sabh, Al Dair ou Zallaq.

Mais que as praias e as belas paisagens, talvez seja na história e na cultura deste país do Médio Oriente que se encontra a sua maior riqueza. Desde sempre cobiçado pelos colonizadores, o arquipélago passou pelas mãos dos portugueses, dos persas, e dos britânicos. As marcas da passagem de diferentes povos pelo território são bem patentes. Uma das mais notórias é o Forte Português na capital do país, Manama, considerado Património Mundial da UNESCO desde 2005. Na capital onde está concentrada um quarto da população do país, são nítidas as diferenças entre os edifícios coloniais e os mais modernos, como o World Trade Centre. Para os mais curiosos, nada como visitar o Museu Nacional, a Casa do Corão, a Mesquita Al-Fatih e o Forte Arad. Conhecer os famosos souks também é imperdível.

Outro local a explorar numa passagem pelo Bahrein é o sítio arqueológico de Barbar, com vários templos do II e III milénios, dedicados ao Deus da Sabedoria, Enki. Para conhecer a cultura do povo do país, nada melhor que ir também até Bani Jamrah, onde se podem observar os mercadores a tecerem roupas. É um local colorido e apreciado pelos turistas. Quem preferir um local mais tranquilo pode encontrar refúgio em Nabih Saeh, onde se encontram os belos jardins de tamareiras. Num país ainda tradicional, são já mais que evidentes as marcas da modernidade. Sakhir é dos locais que mais turistas recebe, graças ao Grande Prémio de Fórmula 1. No total, são 8 milhões os turistas que anualmente visitam a "Pérola da Arábia".

QRCode: Bahrein



Área: 750 km²

População: 791.000

Capital: Manama (225.000)

Per capita (US$): 34.662

Língua: Árabe e Inglês

Religião: Islamismo