Ucrânia

Segundo maior país da Europa, a seguir à Rússia, a Ucrânia tem um território tão vasto que consegue concentrar bosques, montanhas, lagos, rios, estâncias de esqui, praias e verdadeiras cidades-museu. Independente desde o desmembramento da União Soviética (1991), o país ficou internacionalmente conhecido pelo desastre nuclear de Chernobyl, ocorrido em 1986, e que a tornou uma verdadeira ?cidade-fantasma?.
A cidade onde o acidente aconteceu fica no Norte do país e da capital, Kiev, localizada nas margens do rio Dniepre. Com vários monumentos classificados como Património Mundial, a capital ucraniana tem um sem número de locais de interesse, dos quais se destacam a Catedral de Santa Sofia, o Monastério das Covas, a Igreja de Mykola Prytysko, o edifício da Ópera, o Teatro Ivan Franco, a Catedral de São Miguel, com as suas cúpulas douradas, a de São Vladimir, o Portão de Ouro, o Palácio Mariyinsky, a Estátua à Mãe Pátria, com 62 metros de altura, o Museu da Grande Guerra Patriótica ou a Casa com Quimeras.
Mais para Este, encontramos a segunda maior cidade do país, Kharkiv. Vários memoriais povoam a cidade, que centra cerca de 20 museus, 10 teatros e galerias de arte e outros edifícios culturais. A Catedral da Anunciação, a Capela de Santa Tatiana, o Parque Gorky ou a Ponte Lopansky são atrativos da cidade. Caminhando para Sul, Donetsk também merece destaque pela concentração de monumentos importantes, como a Ópera, o Palácio Donbass, a Estátua de Antem, as estátuas de rosas, símbolo da cidade, o Monumento a John Hughes ou a Catedral da Transfiguração. 
Passando de Leste para Oeste, mais duas cidades merecem uma paragem. Uma delas é mesmo considerada um museu ao ar livre e está classificada como Património Mundial pela UNESCO. Trata-se de Lviv, onde em cada esquina se encontra um ponto de interesse. O edifício da Câmara, a Catedral Católica Romana, o Museu Apteka, a Igreja da Transfiguração, a de São Jorge, a da Assunção, o Teatro Skarbek, o Museu Nacional ou a Galeria de Arte Nacional são exemplos. Importa salientar que a cidade, onde se misturam diversos estilos arquitetónicos, está repleta de estátuas de pessoas importantes para a cidade e o país.
A Sudoeste mais uma cidade com um edifício classificado pela UNESCO: Chernivtsi. É nela que se encontra a obra-prima da arquitetura do século XIX, a Universidade e Residência dos Metropolitanos de Bucovina e Dalmácia, desenhada pelo arquiteto checo Klavka. Hoje o edifício funciona como universidade, mas foi em tempos sede do arcebispado. Um jardim, um parque, capelas e uma igreja integram o complexo, um dos mais visitados na Ucrânia. Na ?pequena Viena?, apelido da cidade, pode ainda visitar-se o Palácio da Cultura, a Sinagoga ou o Teatro Dramático. 
Descendo no mapa, chegamos a uma região autónoma da Ucrânia, a Crimeia, com saídas marítimas para o Mar Negro e o Mar de Azov. Região turística por excelência, encontramos aqui imensas estâncias balneares e fontes termais, que têm vindo a atrair turistas de todo o continente. Odessa, Arcadia, Sebastapol, Foros, Alupka, Balaklava, Luzanovka, Kerc, Sudak, Popivka ou Gurzuf são exemplos apenas. Sebastapol é a capital da região, sendo que o porto mais importante se localiza em Odessa. Sevastapol é detentora do segundo maior porto, tendo ainda como atrações as ruínas de um teatro grego, o Museu Panorama ou o Cemitério de Guerra. Com belas formações rochosas, a cidade mostra um pouco da beleza natural ucraniana, presente noutros pontos do país.
A Cordilheira da Crimeira, a Montanha dos Cárpatos, cujo ponto mais alto no país é o de Hora Hoverla (com 2061 metros), as planícies e os pântanos ou o Delta do Danúbio, na fronteira com a Roménia, são outros locais que valem pela beleza natural. O mesmo acontece com os bosques primários de faias, classificados como Património Mundial da UNESCO. Para quem prefere picos nevados, a Ucrânia não deixa de ser opção. As zonas montanhosas estão dotadas de boas infraestruturas para a prática de desportos de neve. Pylypets, Tisovets, Krasiva e Slavska são as estâncias de esqui mais procuradas pelos turistas.
Apesar de marcada por conflitos armados, que cessaram apenas em 1991, a história recente da Ucrânia não tem sido sempre estável. Altos e baixos marcam o plano político de um país, cuja economia tem vindo a prosperar. Enquanto destino turístico, o país tem um pouco de tudo. Há praia, há montanha, há mar e há rio e há, sobretudo, cidades cheias de História, de monumentos únicos e de vida.

QRCode: Ucrânia



Área: 603.628 km²

População: 45.939.820

Capital: Kiev (2.786.518)

Per capita (US$): 7.832

Língua: Russo e Ucraniano

Religião: Cristianismo (Ortodoxo Ucraniano)