Holanda

Moinhos, tulipas, tamancos e canais são alguns dos mais importantes símbolos dos Países Baixos, vulgarmente, mas erradamente, chamados de Holanda. Localizados na Europa Central, os Países Baixos são ainda conhecidos por serem um país liberal, onde drogas, prostituição e eutanásia são legais há vários anos. Além disto, o facto de a maior parte do território estar abaixo do nível médio da água do mar é um fator determinante, até na própria História do país, daí que a UNESCO tenha classificado como Património Mundial as obras que os holandeses levaram a cabo para proteger as suas terras do avanço das águas.
A Linha de Defesa de Amesterdão, com 135 kms, a Estação de Bombagem de Água D.F. Woudagemaal, em Lemmer, a Rede de Moinhos de Kinderdijk-Elshout (uma das grandes atrações turísticas do país) e os Canais concêntricos de Amesterdão são obras notáveis de engenharia e que têm protegido o país. A luta entre o avanço do mar e os holandeses é ainda patente no pólder de Beemster, o mais antigo terreno ganho ao mar, que concentra um conjunto de diques e canais notável, ou Schokland, um local que, antes península, se tornou ilha, graças ao poder das águas. Todos estes locais são Património Mundial e mostram a luta das gentes que habitam o território para o proteger.
Os canais, disso resultantes, converteram a capital, Amesterdão, numa segunda Veneza. Os barcos são uma boa forma de conhecer a cidade e de apreciar os canais que circundam os mais emblemáticos edifícios. A bicicleta, mais um símbolo da cultura do país, é também um meio de transporte privilegiado para percorrer uma das cidades mais liberais do mundo. Entre os locais a visitar destacam-se os Museus Van Gogh e Rembrandt, a Casa Anne Frank, o porto marítimo, o Museu Nacional, o parque de flores mais famoso da Europa, o Keukanhof, o Palácio Real, a Sinagoga, as muitas igrejas e praças famosas ou o Hortus Botanius, um dos mais belos jardins do mundo. Para quem quer conhecer a vida noturna, não faltam espaços. O Bairro da Luz Vermelha é um dos mais notáveis exemplos da ausência de preconceitos que carateriza o povo holandês.
Da capital, seguimos até à ?capital jurídica do mundo?, Haia, onde estão os principais tribunais europeus, assim como os edifícios governamentais. Com 45 museus, 30 teatros, várias praias e 70 mil árvores espalhadas pelas ruas, Haia é, sem dúvida, uma cidade a conhecer na região de Randstad, que alberga ainda Roterdão, cenário do maior porto marítimo da Europa. Erasmus foi o seu mais ilustre habitante e dá hoje nome a alguns edifícios emblemáticos da cidade, com uma arquitetura bem mais moderna do que a que encontramos em Amesterdão, por exemplo. Destacamos, a título de exemplo, as famosas ?Cube Houses? ou a Ponte Erasmus, com traços firmes e lineares. 
Outra marca da arquitetura modernista pode ser encontrada em Utreque. A Casa Rietveld, Património Mundial, é um dos melhores exemplos do movimento De Stijl. O Canal Singel, a Catedral de Santa Catarina, a Casa da Moeda ou a Torre Dom são outros locais a conhecer em Utreque. Eindhoven, um importante centro tecnológico, Valkenburg, com os seus castelos, e Maastricht, local onde se assinou o Tratado de criação da União Europeia, são outras cidades que merecem uma visita neste país, banhado pelo Mar do Norte e pelo Mar Wadden (Património da Humanidade), com grandes planícies arenosas e canais de drenagem que evacuam a água.
Além das 12 regiões administrativas que fazem o país e as suas ilhas, os Países Baixos possuem ainda três territórios no Caribe: Aruba, St Maarteen e Curaçao, onde se encontra mais um local classificado pela UNESCO, a Área Histórica de Willemstad, com o seu porto e arredores, uma cidade cheia de casas de cores garridas e cujos bairros têm marcas claras dos planos de urbanização europeus. Parte das antigas Antilhas Holandeses, sob domínio dos Países Baixos, estão ainda três municípios caribenhos, Bonaire, Saba e Santo Eustáquio.
País desenvolvido, densamente povoado e dividido em duas partes pelos rios Reno, Waal e Mosa, os Países Baixos são uma bela amostra da Europa Central, dominada pelo progresso e pela prosperidade. Os canais de água, as bicicletas, os moinhos e as flores são adornos que dão um encanto único ao país.

QRCode: Holanda



Área: 41.528 km²

População: 16.570.613

Capital: Amesterdão (2.788.276)

Per capita (US$): 47.172

Língua: Holandês

Religião: Cristianismo e Agnosticismo