Dinamarca

Com o mais alto nível de riqueza do mundo, o menor índice de corrupção do globo e sendo o 2º país mais pacífico, a Dinamarca é, de fato, uma joia do continente europeu. Localizada no Norte da Europa, o país engloba uma grande Península, a Jutlândia, e um vasto conjunto de ilhas (mais de quatrocentas), nomeadamente a Zelândia (onde se situa a capital Copenhaga). Também a branca Gronelândia as Ilhas Faroé estão sob domínio do Reino da Dinamarca, sendo que é na Gronelândia que está um dos tesouros do país, o Fiorde Ilulissat, que cria uma paisagem de neve, mar e um som único do gelo a deslizar sobre as águas. Este Fiorde é Património Mundial.
Com mais de 7 mil kms de mar a banhar a sua costa, a Dinamarca está dividida em 5 regiões: a Capital, a Jutlândia Central, a Jutlândia do Norte, a Zelândia e a Dinamarca do Sul. O vasto conjunto de ilhas em torno das maiores é vulgarmente apelidado de Arquipélago da Dinamarca. Antes de irmos a cada ilha, conheçamos Copenhaga, uma cidade cheia de vida, campanários de igrejas, museus e castelos. Localizada na Zelândia, a capital dinamarquesa é alvo e uma política sustentável, de forma de que o melhor modo de a conhecer é a pé. Dentro da própria cidade encontramos uma pequena ilha, Slotsholm, onde se localiza o Palácio de Christiansborg, o único edifício do mundo que abriga os três poderes: legislativo, executivo e judicial. Ainda nesta pequena porção de terra, há que visitar as ruínas da fortaleza de Abselon e alguns museus.
Eles abundam por toda a cidade, onde se encontram outros pontos de turismo de relevo, como o Relógio Mundial de Jens Olsen, a Fonte da Praça de Gammel Torv, o Teatro Real, a Casa da Ópera, o Porto de Nyhaun, a Rua Stroget, o Palácio de Charlottenborg, a Torre Redonda, os Castelos de Amalienborg e Rosenborg Slot e, claro, o maior dos símbolos do país, A Pequena Sereia, uma estátua de bronze que contempla o mar de modo subtil.
Deixando a capital, e ainda na Zelândia, destaque para o Castelo de Kronborg, na cidade de Helsingon, conhecido pelas representações da tragédia de Hamlet, de Shakespeare, e para a Catedral Roskilde, a primeira catedral gótica construída em tijolo e que serve de túmulo a vários monarcas dinamarqueses. Ambos os edifícios são Património Mundial. Ainda em Roskilde, destaque para o museu que alberga navios vikings, que vale a pena conhecer. Hilleford, Hejninge, Holme-Olstrup ou a Ilha Faro são outros pontos interessantes da ilha sede da capital dinamarquesa.
Já a Ilha Falster é o sitio ideal para quem quer conhecer o Centro Medieval, onde estão expostas as armas da artilharia do Reino. Mon é uma ilha sobretudo com importância geológica, pelas formações cretáceas que alberga. Chamada de ?Pérola do Báltico?, a Ilha de Bornholm tem para oferecer as Colinas do Paraíso, castelos em ruínas, o Bosque de Almindingem e as Rochas Santas, no Leste do território.
Na maior das Ilhas, a Jutlândia, comecemos pelo meio do território onde se encontra um sítio classificado pela UNESCO, os túmulos, as rochas rúnicas e a igreja de Jelling, testemunhos da transição da Dinamarca pagã para a cristã. Arthus é mais uma cidade em destaque, com vários museus, nomeadamente o Dem Gambe By, um museu urbano ao ar livre. Aalborg é outra cidade importante, onde encontramos o Museu Marítimo e o maior zoológico da Escandinávia. Skagen, Randers, ou Esbjerg são outras cidades importantes na Jutlândia.
Entre esta ilha e a Zelândia fica a Fiónia, a terceira maior do país. Odense é a principal cidade do território, sendo esta de extrema importância por ter sido o berço de Hans Christian Andersen. Museus, castelos e barcos vikings também podem ser visitados nesta ilha. Bem mais afastados estão dois territórios também dinamarqueses: as Faroé, onde a Natureza variada cativa, e a Gronelândia, marcada pelo gelo, pelos mares e pelos imponentes fiordes.
Com uma histórica rica, um património bem preservado e, ao mesmo tempo, um crescimento e um desenvolvimento sustentável de fazer inveja, a Dinamarca é um dos mais bem-sucedidos países europeus e, sem dúvida, um país que vale a pena conhecer.

QRCode: Dinamarca



Área: 43.094 km²

População: 5.475.791

Capital: Copenhaga (1.167.569)

Per capita (US$): 37.000

Língua: Dinamarquês

Religião: Cristianismo