Paraguai

O ?Grande Rio? deu nome a este país da América do Sul, um dos poucos sem saída para o mar. O Paraguai (1811) é um país em desenvolvimento e que procura crescer, depois de anos de instabilidade política. O principal rio do país, o Paraguai, divide o país em duas regiões: a Oriental (com morros ondulados, pântanos e florestas) e a o Ocidental, também chamada de Chaco, onde dominam as terras planas com vegetação diversificada e na qual se concentra dois terços da população do país.
Embora o setor turístico não esteja muito desenvolvido, não faltam atrativos no país. A capital, Assunção, é um dos locais a não perder. De clara influência espanhola, os bairros típicos são um dos atrativos, a que se junta o Jardim Botânico, a Catedral, o Palácio do Governo, a Casa da Cultura, o Museu do Barro e uma favela, que contrasta com a restante cidade. Não muito longe da capital, destaque para Itauguá onde se podem comprar artigos típicos do país, como os tecidos ñanduti, o centro religioso de Caacupé, o Parque Natural Ybycuí ou San Bernandino e Areguá, no Lago Ypacari.
Mais a Sul, nova cidade a conhecer, Encarnación, onde se podem apreciar as ruínas de San Ignacio de Mini, as antigas locomotivas, o Mercado do Ferry ou as Pontes Rupestres. Daqui é fácil partir à descoberta de um dos locais mais visitados do país e considerado Património Mundial da UNESCO: as Missões Jesuítas de Trindade de Paraná e Jesús de Tavarangue. Além do valor artístico, as ruínas de igrejas, cemitérios, pátios e jardins são uma marca clara e rica da cristianização levada a cabo nesta região durante os séculos XVII e XVIII.
Concepción, com o seu animado mercado, Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil, Filadélfia, no centro do Chaco, com uma população indígena amável cheia de histórias para contar, Nova Austrália, com um ambiente bem tranquilo, ou Luque, com vários edifícios coloniais e neoclássicos, são mais algumas cidades que valem uma visita. Outra importante é Ciudad del Este, também denominada de ?Cidade Jardim?. Com grandes áreas verdes, a cidade tem como atrações principais a Ponte da Amizade, a Catedral de San Blás, as quedas de água de Monday, com mais de 40 metros, o Parque de Acaray ou o Lago de La Republica, onde se podem praticar diversos desportos náuticos. Não muito longe há ainda a possibilidade de se admirarem as Cataratas de Iguaçu, já que a cidade está muito próxima do Brasil.
A não perder também as duas represas mais famosas do país, com barragens reconhecidas a nível internacional, a de Itaipu e a de Yacyretá. Imperdíveis são também a Reserva de Mbatacayú, cheia de trilhos e cascatas, a Laguna Branca ou o Refúgio Tatíyupi, onde os turistas fazem várias excursões, uma espécie de safari que permite admirar a variedade da fauna e flora do país que, a par da gastronomia e da gentileza das populações indígenas, cativam os turistas que entram pelas fronteiras paraguaias dentro.

QRCode: Paraguai



Área: 406.750 km²

População: 7.356.789

Capital: Assunção (742.574)

Per capita (US$): 5.412

Língua: Espanhol e Guaraní

Religião: Cristianismo