Brasil

O Brasil (1822), localizado na América do Sul, é formado pela união de 26 estados federados e pelo Distrito Federal. O país conta com 5.565 municípios, 191.480.630 habitantes, bem como uma área de 8.514.876,599 km², equivalente a 47% do território sul-americano. Trata-se do 5º maior contingente populacional e da 5ª maior área do mundo. 8ª maior economia do planeta e maior economia latino-americana, o Brasil tem hoje forte influência internacional. Encontra-se na 39ª posição entre os países com melhor qualidade de vida do planeta, além de possuir entre 15 e 20% de toda biodiversidade mundial, sendo exemplo desta riqueza a Floresta Amazónica, com 3,6 milhões de quilómetros quadrados, a Mata Atlântica, o Pantanal e o Cerrado. Realce-se ainda que se trata do maior país lusófono e umas das nações mais multirraciais do mundo.
Os únicos países sul-americanos que não têm uma fronteira com o Brasil são o Chile e o Equador. O país é banhado pelo oceano Atlântico ao longo de toda sua costa Norte, Nordeste, Sudeste e Sul. Além do território continental, o Brasil também possui alguns grandes grupos de ilhas no Oceano Atlântico como exemplo: Penedos de São Pedro e São Paulo, Fernando de Noronha (território especial do estado de Pernambuco) e Trindade e Martim Vaz no Espírito Santo. Há também um complexo de pequenas ilhas e corais chamado Atol das Rocas (que pertence ao estado do Rio Grande do Norte). 
Embora sem autonomia administrativa, o país está dividido em 5 regiões principais: o Norte (com os estados de Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins), o Nordeste (onde se encontram os estados de Alagoas, Bahía, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe), o Centro Oeste (que integra os estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul), o Sudeste (com os estados de Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo) e o Sul (que junta os estados de Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina). Tantos estados, tantas cidades e um território tão vasto só podiam ter um resultado: uma variedade imensa de paisagens, de tipos de clima, de caraterísticas geográficas, de hábitos do quotidiano. O Brasil é um país de misturas, que cativa também pela mescla que é. Vamos conhecê-lo passo a passo, começando pela região Norte.
É a Norte do território brasileiro que encontramos o ?pulmão do mundo?, a floresta Amazónica, a maior do mundo e onde encontramos um ecossistema ímpar. Envolta em lendas e histórias extraordinárias, a floresta é hoje alvo da preocupação de todos, pela devastação de que tem sido alvo, mas mantém um verde atraente onde habitam milhares de espécies de animais e plantas. A banhar esta floresta temos o Rio Amazonas, que vai recebendo vários nomes desde o local onde nasce, os Andes, até desaguar, no Atlântico. Trata-se do rio com maior caudal do mundo e o segundo maior em comprimento, sendo percorrido por milhares de turistas anualmente. Uma das zonas mais visitas na Amazónia é Manaus, onde o ecoturismo domina. Com praias, cachoeiras de uma beleza única e bairros típicos, esta é a cidade mais populosa da Amazónia. Para conhecer de perto os costumes dos povos indígenas nada como participar no Festival de Parintins. São três noites de festa, em que desfilam numa espécie de estádio várias personagens que representam os rituais e tradições da Amazónia, através de imagens de um boi azul e um boi vermelho. O evento acontece no último fim-de-semana de Junho.
Ainda a Norte temos a cidade de São Luís, Património Mundial. Praias, museus, casas de cultura, uma fauna e flora riquíssimas, lagoas e parques naturais fazem desta região mais um ótimo local a visitar numa viagem ao Brasil. Não muito distante, o inesperado: um deserto em pleno Brasil. Jalapão é um local encantador onde encontramos dunas douradas com 30 metros de altura. Apesar da aridez, esta zona apresenta ainda uma teia de rios, de cachoeiras, lagoas e riachos de águas transparentes. Imperdível, pelo significado histórico, há mais dois locais a não perder a Norte: o caminho-de-ferro Madeira-Marmoré, na Rondônia, que passa pela Amazónia ao longo de 366 kms e que, após avanços e recuos, se mantém, apesar dos momentos de inatividade que sofreu. A não perder também o Forte do Príncipe da Beira, monumento exemplificativo da engenharia militar portuguesa, onde se pode admirar não só a arquitetura do forte, mas também as múltiplas inscrições nas paredes, que contam a história de quem por lá passou.
O Nordeste brasileiro é sobretudo famoso pelas suas praias paradisíacas. Em todos os estados encontramos locais onde as águas transparentes e as areias claras cativam o olhar de todos. Pernambuco é o estado por excelência das estâncias balneares, sendo que se diz que ?é praia todos os dias em Pernambuco?. Porto-de-galinhas, as praias do Recife, de Alagoas, as de Olinda são verdadeiros paraísos. Olinda é aliás uma cidade imperdível, cujo centro histórico é Património Mundial. Museus, igrejas e fortes fazem parte desta cidade encantadora, com bairros bem característicos e vizinhas do Recife, mais uma cidade a não perder, que tem tudo: património arquitetónico, histórico, cultural, bairros extraordinários e as belas praias da Boa Viagem, do Suape, de Brasília Teimosa, entre outras.
Também Património Mundial, Salvador da Bahía é mais um ponto de paragem. A chamada ?capital alegria? é conhecida pelas mulheres baianas, pela particularidade do seu Carnaval e por um centro histórico belíssimo, onde abundam marcas da época colonial, como o pelourinho ou o monumento da Cruz Caída. O Mercado Modelo, o Elevador Lacerda, o Farol, a Marina ou o Museu e Casa de Jorge Amado são outras atrações turísticas de Salvador. Ainda no Nordeste, destaque para as praias de Natal, em Rio Grande do Norte, a Cachoeira do Buracão, o Poço do Diabo, o Poço Azul e muitos outros encantos com que a Natureza brindou este pedaço do território brasileiro.
Fora da área continental, encontramos o arquipélago de Fernando de Noronha, um dos melhores sítios do mundo para observar golfinhos. As 21 ilhas e ilhotas são fascinantes, pelas praias imensas e inúmeras, pela fauna e flora ricas, pelos fortes, pelos morros, por tudo. Este é um local imperdível, com praias do outro mundo. O Atol das Rocas é outro local importante, a oeste do arquipélago. Trata-se de um recife anelar, uma Reserva Biológica Marinha.
Seguindo para o Centro Oeste encontramos o verde Pantanal, com uma fauna e flora ímpares e onde o ecoturismo se tem vindo a desenvolver de modo galopante. O Parque Natural do Pantanal, com 250 mil kms2, é Património da Humanidade. Com uma beleza natural igualmente estonteante encontramos Bonito, um local imperdível para os amantes da aventura. Trata-se de um paraíso para o mergulho em cavernas, rios e cachoeiras. São muitos os passeios que se podem fazer pela região, preenchida de trilhos de extrema beleza natural. Goiás, que também consta da lista da UNESCO, é mais uma cidade a visitar. Cerca de 15 lagoas e lagos habitam o local, que integra os Parques Naturais de Emas e Chapada dos Veadeiros. As estâncias termais, o património histórico e cultural fazem de Goiás um local a assinalar no mapa. De destacar os 7 tesouros coloniais que Goiás possui: os Sinos do Pilar, a Cadeia de Trayrás, o Altar de Nosso Senhor dos Passos, o Feitiço de Crixás, as Torres da Igreja de Santa Luzia, as Folias de Corumbá e as Cavalhadas de Pirenópolis.
Ainda nesta região, não podíamos deixar de falar de Brasília, a capital federal do país e a quarta mais populosa. O urbanista Lúcio Costa e o arquiteto Óscar Niemeyer fizeram um trabalho notável e tornaram Brasília um paraíso para os admiradores da arquitetura. O Congresso Nacional, o Eixo Monumental, a Catedral Metropolitana, o Palácio da Alvorada ou a Ponte JK são apenas exemplos dos muitos monumentos que valem a pena conhecer. Além da beleza arquitetónica, Brasília tem ainda belos espaços verdes e muitos templos, não fosse esta considerada também a ?cidade da Paz?.
Descendo até ao Sudeste vamos encontrar a Estrada Real, nome dado antigamente a um caminho terrestre que servia essencialmente o comércio. O Governo está a tentar revitalizar a Estrada Real que unia a freguesia de Santo António de Jacuting à de Nossa Senhora da Conceição de Mariapicú. Hoje esta via está dividida em duas mas continua a ser um bom exemplo daquilo que foram, em tempos, estes caminhos no Sudeste brasileiro. É também nesta região que encontramos uma das sete maravilhas brasileiras, Ouro Preto, uma cidade com uma arquitetura deslumbrante, grande importância histórica, uma atividade cultural variada e um conjunto de bairros típicos, cada um com a sua particularidade. A variedade caraterística do ecossistema é mais uma mais-valia da região, uma das mais visitadas pelos turistas. Outro importante centro histórico pode ser encontrado em Paraty, um bom exemplo da arquitetura do Brasil colonial. Casas históricas misturam-se com mercados animados, igrejas e fortes, aldeias guaranis e ainda belas praias, como as de Baía da Ilha Grande, onde o mergulho é a atividade predileta dos visitantes.
É também no Sudeste brasileiro que encontramos as duas maiores cidades do país, o Rio de Janeiro e São Paulo. Ritmos quentes, praias famosas, animação dia e noite e uma beleza natural única são ingredientes que fazem da ?cidade maravilhosa? um destino de eleição. A segunda cidade mais populosa do Brasil tem imensos motivos para uma visita, sendo que o Cristo Redentor, o Pão-de-Açúcar, a Enseada de Botafogo, a Catedral Metropolitana ou a Lagoa Rodrigo Freitas são os atrativos mais conhecidos. Ipanema, Copacabana, Tijuca, Gávea e Léblon são os bairros mais conhecidos e luxuosos, que contrastam com as favelas e os bairros mais complicados, como o Complexo do Alemão ou a Rocinha. Cidade de contrastes, o Rio de Janeiro tem uma cultura muito própria, que se manifesta sobretudo em duas ocasiões especiais, o Carnaval e a Passagem de Ano, vivida por milhões de pessoas vestidas de branco na praia.
Os ritmos do samba são vividos em todo o país, até mesmo em Sampa, nome dado a São Paulo, a grande cidade brasileira (com 11 milhões de habitantes), voltada sobretudo para o turismo de negócios e cultural também. Imensos arranha-céus preenchem a cidade, que tem como atrativos principais os museus (nomeadamente o Museu do Ipiranga), as casas de espetáculo, as grandes áreas de negócios, assim como os parques naturais, as lagoas, a Avenida Paulista, a Praça da República, o Parque da Independência ou o Memorial do Imigrantes. É fascinante passear pelos vários bairros que compõem a metrópole e verificar o movimento em que a cidade está envolvida, dia e noite. Destaque ainda para a Rua Óscar Freire, considerada uma das mais luxuosas do mundo.
Mais a Sul, a bela Florianópolis, banhada pelo Atlântico. Com mais de 100 praias, uma população muito diversificada e claras influências da presença portuguesa no território, esta região, em Santa Catarina, também se reveste de uma beleza extraordinária. A Lagoa da Conceição e a de Peri, a Fortaleza de São José, a famosa ponte Hercílio Luz, o Morro de Ribeirão o Mercado ou a Catedral de Florianópolis são apenas alguns dos locais que merecem uma passagem. É também no Sul que encontramos as marcas das missões jesuítas no Brasil. As ruínas de S. Miguel Arcanjo são o melhor exemplo dessas marcas e uma das grandes atrações turísticas. Igrejas, a torre dos sinos, os sinos ou as cruzes são apenas exemplos do que se pode apreciar neste local, de extrema importância histórica, daí ser classificado como Património da Humanidade.
A mesma classificação é dada às imponentes cataratas de Iguaçu, na fronteira com a Argentina. Localizadas na Bacia Hidrográfica do Rio Paraná, as quedas de água integram um parque natural, recheado de espécies animais e vegetais. Do lado brasileiro, é possível ver as cataratas de baixo, através de um passadiço inferior junto à Garganta do Diabo, ou apreciá-las de cima, a bordo de um helicóptero. O Parque de Iguaçu completa esta viagem pelo Brasil, um país onde há quedas de água, floresta vasta, dunas desérticas, praias paradisíacas, mas que também alberga um passado histórico único, ainda com marcas bem patentes, como fortes, ruínas de monumentos e espaços onde a espiritualidade fala mais alto. País de crenças firmes, mas também de samba, de bossa nova e alegria, o Brasil é, sem dúvida, um pequeno grande mundo, que vale mesmo a pena conhecer, seguindo todos os pontos cardeais.

QRCode: Brasil



Área: 8.515.767 km²

População: 193.946.886

Capital: Brasília (2.648.532)

Per capita (US$): 12.493

Língua: Português

Religião: Cristianismo