S. Vicente e Granadinas

Localizado nas Pequenas Antilhas, o estado de São Vicente e Granadinas (1979) é composto pela Ilha de São Vicente e por dois terços da parte Norte das Granadinas. Seis paróquias dividem o território, de origem vulcânica e com vários picos montanhosos, como La Soufrière (que inclui um Parque Natural), Richmonde Peack, Grand Bonhomme e Monte Saint Andrews.
Kingstown, na paróquia de Saint George, a Sul da ilha, é a capital do país. Trata-se de uma cidade com claras marcas da colonização britânica e caraterizada pelo dinamismo e alegria das suas gentes. Os mercados de frutas e verduras, os Jardins Botânicos e o Forte Charlotte são os atrativos principais da capital do país, que vive essencialmente da atividade agrícola e do crescente fluxo de turistas, atraídos pelas praias da costa da ilha.
Além da capital e das praias que rodeiam todo o território, com caraterísticas diversas, umas mais calmas, outras mais movimentadas, umas mais ventosas, outras mais tranquilas e rodeadas de vegetação, há a destacar em São Vicente as Cascatas Baleine, o Miradouro del Guardacosta (de onde se consegue avistar a ilha de Granada), a região de bosques e rios chamada de Mesopotamia ou os Jardins de Montereal.
Já nas Granadinas, destaque para a capital da paróquia, Port Elizabeth, localizada na ilha da Bequia. Princesa Margarita, Lower Bay e Industry Bay são as praias mais famosas desta pequena ilha. Ainda nas Granadinas, destaque para Caouan, uma ilha em forma de meia-lua, com praias propícias à prática de desportos aquáticos, Palm Beach, um verdadeiro oásis de palmeiras com praias tranquilas de águas cristalinas. Além destas, as Granadinas integram um conjunto de ilhas privadas, como é o caso de Mustique, cenário de encontros de membros da família real britânica. Young Island, com o Forte Duvernette, Caliqua Bay, com uma lagoa rodeada de vegetação, e Petit São Vicente, com vários locais ideais para o descanso, são também pequenas ilhas privadas pertencentes a este Estado.
Além dos recifes de coral, caraterísticos das ilhas caribenhas, dos picos vulcânicos, dos trilhos, das lagoas rodeadas de arbustos, há que destacar a fauna e flora deste grupo de ilhas, também de uma riqueza elevada, nomeadamente no que toca às espécies marítimas. A História também tem lugar de destaque em São Vicente e Granadinas, com vários edifícios marcados pela colonização e ainda por um conjunto importante de pinturas rupestres, espalhadas pela ilha principal e pelas Granadinas, já a serem avaliadas pela UNESCO para se poderem converter em Património da Humanidade.

QRCode: S. Vicente e Granadinas



Área: 389 km²

População: 120.000

Capital: Kingstown (24.518)

Per capita (US$): 7.493

Língua: Inglês

Religião: Cristianismo