Geórgia

Localizada numa zona estratégica, a Geórgia é um país mais Europeu que Asiático no que respeita à sua organização, às tradições, culturas e gentes. Independente desde 1991, aquando do desmembramento da URSS, o país continua a viver dias conturbados, fruto das lutas separatistas, nomeadamente da Abecácia e da Ossétia do Sul.
Guerras civis, bombardeamentos e ataques de guerrilheiros fazem recear uma visita a um país com muito para oferecer, em termos culturais, arquitetónicos e naturais. De aspeto montanhoso, graças à sua localização no Cáucaso, a Geórgia tem como capital Tiblissi, uma cidade desde sempre importante, não fosse ponto privilegiado da famosa ?Rota da Seda?. Com a particularidade de ter lado a lado uma sinagoga e uma mesquita, a capital da Geórgia tem como atrações principais a Catedral de Sameba, a Catedral Sioni, a Praça da Liberdade, a Avanida Rustaveli, a Casa da Ópera e a Igreja da Santíssima Trindade.
Batumi, uma cidade costeira, muito populosa e elitista, é outro dos destaques neste país, constituindo uma estância estival da elite russa. Além do Turismo, assume grande importância nos arredores a produção de citrinos e chá e as diversas indústrias.
A Geórgia tem inscritos na lista da UNESCO três locais considerados Património da Humanidade. A Catedral de Bagrati, que deve o nome ao primeiro rei da Geórgia unificada, e o Monastério de Gelati, com diversos frescos, pinturas murais e mosaicos são um dos segredos melhor guardados do país. Outro, também de cariz religioso, é o conjunto de Monumentos Históricos de Mtskheta, a capital do Antigo Reino da Geórgia. Igrejas com diferentes caraterísticas marcam esta localidade, plantada junto da confluência de dois rios e que tem uma riqueza artística e cultural ímpar.
Além do património arquitetónico, destaque para a beleza natural do país, que não vive apenas das imponentes montanhas. Uma paisagem verde repleta de peculiares aldeias fazem também do Alto Svaneti Património Mundial. Trata-se de um local onde a população pautou a sua vida pela auto-defesa. Encontram-se inúmeras povoações onde as casas têm uma espécie de torre de vigia, para proteção de ataques rebeldes. Chazhashi é talvez a aldeia que melhor ilustra esta realidade. A realidade que hoje o povo da Geórgia não é a que anseia há anos. A paz ainda não foi alcançada no território, em resultado dos conflitos até hoje dotados de grande complexidade, com as gentes da Abecácia e da Ossétia do Sul, territórios de difícil acesso.

QRCode: Geórgia



Área: 69.700 km²

População: 4.436.400

Capital: Tbilisi (1.152.500)

Per capita (US$): 4.882

Língua: Georgiano

Religião: Igreja Ortodoxa Georgiana