Vanuatu

Ocupando o arquipélago das Novas Hébridas, Vanuatu (1980) é um estado da Melanésia dividido em 6 províncias: Malampa, Penama, Sanma, Shefa, Tafea e Torba. Inclui 83 pequenas ilhas, sendo que duas (Matthew e Hunter) são reclamadas pela Nova Caledónia. Com uma área de mais de 12 mil kms2, as ilhas caraterizam-se pelo litoral rochoso com recifes que caem abruptamente sobre o Oceano.

Port Vila é a capital de Vanuatu e a maior cidade. Na ilha de Efaté, Port Vila é o centro económico e comercial do país, integrando um dos campus da Universidade do Pacífico Sul, copropriedade de 12 países desta região. Com 45 mil habitantes, a cidade é um paraíso fiscal e nela situam-se as poucas indústrias existentes, que transformam os produtos resultantes da agricultura e da pesca. Apesar do incremento do turismo, o país continua bastante dependente da ajuda externa, nomeadamente da Austrália, Nova Zelândia e, mais recentemente, da China.

Na capital merece visita a famosa baía, rodeada de luxuosas casas e árvores tropicais, o pitoresco bairro francês, o Parque da Independência, o Centro Cultural e Ensaar, com as Galerias de Arte de Fundação Michoutouchkine e Pilioko. As melhores vistas da cidade podem ser conseguidas na colina de Nambatu e desde a Ilha de Iririki, uma luxuosa estância de férias.

Parte da ecozona Australásia, Vanuatu tem na biodiversidade, nas belas paisagens e nas culturas nativas as suas maiores riquezas. Algumas ilhas são especialmente demonstrativas desta diversidade. Na Ilha Ifira encontram-se belas praias, uma cultura cativante, Pango Point, onde se pode praticar surf, a Lagoa de Erakor e as Cascatas de Emden com as suas piscinas naturais. Na ilha de Espiritu Santo, destaque para as praias paradisíacas e para o ponto mais alto do país, o Monte Tabwemasana, com 1879 metros. Realce ainda para as plantações nas ilhas Mao e Aore, as praias e corais de Tutuba, as fontes termais de Pentecost, a barreira de coral da Ilha Anatom e o recife Black Sand, na Baía Mele, com cavernas, tuneis e lagos subterrâneos. Destaque ainda para o vulcão Yasur, na Ilha Tanna.

Os vulcões são, aliás, um dos atrativos e, em simultâneo, uma das maiores preocupações dos habitantes de Vanuatu. A atividade vulcânica é intensa, tendo o último grande terramoto e tsunami acontecido em 1999. Esta vulnerabilidade a desastres naturais, aliada à escassez de recursos e água doce, são os maiores desafios colocados a este país, que recebe cerca de 50 mil turistas por ano.

Vanuatu integra já a lista da Unesco, com um local classificado como Património Mundial da Humanidade: os Domínios do Chefe Roi Mata, um conjunto de três sítios nas ilhas Efaté, Lelepa e Artok, associados à vida e morte deste chefe, sítios estes demonstrativos das tradições e valores morais que defendia e que, ainda hoje, se podem apreciar numa visita a esta país do Pacífico.

QRCode: Vanuatu



Área: 12.189 km²

População: 208.754

Capital: Port Vila (40.000)

Per capita (US$): 43.163

Língua: Inglês, Francês, Bislama

Religião: Cristianismo