Tuvalu

É o terceiro país mais pequeno do mundo em população e o quarto menor em área. Tuvalu (1978) é um estado da Polinésia formado por 9 grupos de ilhas e atóis, muito afastados uns dos outros, o que é explicado pela vasta área marítima do país, com mais de um milhão de kms.

Seis dos atóis têm mais de uma ilha: Funafuti, Nanumea, Nui, Nukufetau, Nukulaelae e Vaitupu. Três integram apenas uma ilha, Niutao, Niulakita e Nanumaja. O atol de Funafuti é o principal centro e conta com 30 ilhas. Com 4500 habitantes, o atol é uma faixa estreita de terra que circunda uma enorme lagoa de 18 kms de comprimento. Esta lagoa é, aliás, o principal atrativo turístico do país, sendo que são efetuadas algumas excursões para conhecer a lagoa e as belas praias de areias douradas que a circundam.

Com um ambiente inexplorado, o país não conta com monumentos ou museus, se bem que a própria paisagem é um museu ao ar livre. O ecoturismo podia ter um grande potencial mas a realidade é que a grande distância entre ilhas e as quase inexistentes infraestruturas de apoio aos turistas têm inviabilizado a atividade. Há um aeroporto no país e um único hotel. 

Para os poucos que visitam o país, têm interesse os costumes dos povoados de Tuvalu, cujo artesanato tem como elementos essenciais a cestaria e os enfeites com flores para o cabelo. Interessantes também são os vestígios da II Guerra Mundial que, ainda que tendo afetado o país por pouco tempo, o marcou definitivamente. Uma antiga pista em Nanumea, restos de aviões no matagal, restos de navios no mar, encalhados na areia, são marcas bem claras deste conflito nesta zona remota do pacífico.

Hoje, Tuvalu enfrenta dois problemas graves. Por um lado, a escassez de recursos e as dificuldades em manter o país sustentável. Os produtos cultivados e pescados vão chegando para a população mas a importação mantém-se alta. Por outro lado, e embora este seja dos países menos poluentes do mundo (havendo, nomeadamente um local onde se depositam os plásticos e latas que, depois, são recolhidos), Tuvalu é dos territórios mais afetados pela poluição mundial. Prevê-se que, em poucos anos, o aquecimento global faça desaparecer todas as ilhas do arquipélago (que não têm mais de 7 metros de altitude) e faça dos seus habitantes os primeiros refugiados ambientais do mundo.

Outro facto curioso deste país são as fontes de receita que tem encontrado, nomeadamente a venda dos direitos do código de telefone internacional, o ?900?, e a mais polémica das vendas: a do domínio web ?.tv?, que tem sido usado sobretudo por canais pornográficos, o que tem chocado a população, com costumes bastante conservadores.

O país tem feito o que pode para se manter à tona, em sentido literal e figurado. Têm sido muitos os apelos para que as emissões de gases com efeito de estufa sejam travadas e muitos os esforços para pôr a economia tuvaluana a mexer. Uma das maiores esperanças está depositada na exploração de uma montanha marítima rica em corais rosa, há poucos anos descoberta.

QRCode: Tuvalu



Área: 26 km²

População: 12.273

Capital: Funafuti (4.492)

Per capita (US$): 1.600

Língua: Inglês, Tuvaluano

Religião: Cristianismo