Palau

Verde, com belas colinas de onde se avistam águas cristalinas que convidam a mergulhar. Assim é Palau (1994), um estado da Micronésia, ao largo das Filipinas, cuja principal fonte de riqueza é o turismo. O país é constituído por oito ilhas principais e mais de 250 ilhotas e atóis. As ilhas mais importantes são Angaur, Babeldaob, Peleliu e Koror, onde residem dois terços da população do país, que ronda os 21 mil habitantes.
Com um Tratado de Livre Associação com os Estados Unidos, Palau vive sobretudo das ajudas financeiras dos americanos (que utilizam o país como base militar), da economia de subsistência que tem como produtos principais a banana, a mandioca, o coco e a batata-doce, a pesca (cerca de 1,3 toneladas/ano) e sobretudo o turismo. 
Com um povo bastante hospitaleiro e uma riqueza natural ímpar, o país recebe milhares de turistas, sobretudo interessados nas Rock Islands. As ilhas rochosas, e as lagoas de água azul turquesa preenchidas de recifes de coral, são o maior atrativo do país e consideradas Património Mundial pela UNESCO. Nas Rochosas, cujo ecossistema é imensamente rico, os locais mais procurados são a Parede de Ngemelis, a Esquina Azul e o Lago Jellyfish.
 A ilha de Koror é a mais habitada e a que conta com praias menos rochosas e, por isso, consideradas mais paradisíacas. Ainda nesta ilha merece visita o Museu Nacional Belau, o Santuário Shinto e ainda o Centro de Conservação de Crocodilos do Palau. Já na ilha de Babeldoab, a maior do Palau e a segunda maior em tamanho da Micronésia, encontra-se a capital do país, Ngerulmud, que é, em número de habitantes, a mais pequena de todas as capitais de estados soberanos do mundo. Belas colinas e ainda o monólito de basalto de Ngarchelong são atrativos desta ilha. 
Já em Peleliu, estão as marcas menos bonitas de Palau, as deixadas pelos conflitos da II Guerra Mundial. As ruínas das batalhas, o Monumentos aos Soldados são paragens obrigatórias, numa ilha também rodeada de bonitas praias nomeadamente a de Orange, a Honeymoon e a Bloody Beach. 
É na Natureza que reside a maior riqueza deste estado da Micronésia. O verde das colinas mistura-se com o azul do mar, criando um ambiente idílico, mesmo ao gosto dos apaixonados pelo mergulho. Para quem quiser descobrir as profundezas das águas de Palau, nomeadamente das Rochosas, é possível acampar nos atóis e descobrir, calmamente, alguns dos mais belos recifes de coral do Pacífico.

QRCode: Palau



Área: 459 km²

População: 20.842

Capital: Melequeoque (261)

Per capita (US$): 10.000

Língua: Inglês, Palauano

Religião: Cristianismo