Togo

Togo ? São mais de 40 as etnias que podemos encontrar neste país, com abertura para o Golfo da Guiné. Uma faixa estreita de território tem a capacidade de concentrar em si, além das diferentes culturas e costumes, paisagens e atrativos bem diversos. Independente desde 1960, este país foi tentando crescer, embora se mantenha muito dependente da atividade agrícola e piscatória. São cinco as regiões que constituem o Togo, aqui apresentadas de Norte para Sul: Savanes, kara, Centrale, Plateaux e Maritime.
Por todas as regiões encontram-se povoados muito interessantes, com formas de viver completamente distintas, o que se reflete na organização familiar, nos rituais e até na arquitetura das habitações. A Nordeste encontramos Koutammakou, a terra dos Batammariba, uma povoação considerada pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade. Trata-se de um conjunto de casas, chamadas de Takienta, únicas em África e já um símbolo do país. Têm forma circular e costumam apresentar dois andares, além do celeiro e do pátio onde se praticam curiosos rituais. A população que habita este povoado usa de forma harmoniosa os recursos de que dispõe e vive o quotidiano em função de diversas crenças e lendas.
As lendas e os ritos estão patentes de Norte a Sul. Os mercados são uma boa forma de tomar conhecimento com as práticas mágicas dos povos das diferentes etnias. O Mercado dos Fetiches, na capital, Lomé, é um excelente exemplo. Esta é a maior cidade do país e localiza-se junto à costa. O porto é dos locais mais dinâmicos do país e um bom sítio para estabelecer contacto com os habitantes locais, sobretudo do povo Ewê. Além das belas praias, rodeadas de coqueiros, a região de Lomé tem ainda mais pontos de interesse como o Museu (onde se podem encontrar, por exemplo, remédios e pomadas medicinais), a Praça da Independência ou a Rua dos Artistas.
Nos arredores de Lomé destaque para o Lago Togo, ao longo do qual se podem conhecer outras povoações, como a de Togoville, uma vila marcada pela prática vudu. Outras práticas e rituais podem ir sendo conhecidas país acima, em povoados como Landa, Kétao, Pagouda, Farendé e Pya. Danças tradicionais, rezas e a produção de remédios ?milagreiros? podem ser observados nestas pequenas aldeias que pintam o país de Norte a Sul. No Norte, destaque para a zona Kabre, cujos habitantes são considerados os melhores camponeses do continente. Este povo vive em casas também interessantes do ponto de vista arquitetónico, as sukalas. As cidades fortificadas de Tamberma são também um bom local para visitar numa passagem pelo Togo.
A enriquecer a paisagem do país, além destes povoados, está a beleza natural e a riqueza da vida animal. Perto da fronteira com o Benim, encontra-se Aného, com uma bela lagoa e uma praia agradável. Klauto é uma bela reserva natural com diversas cascatas para apreciar. Perto de Klauto, encontra-se a Floresta Classificada de Yoh. Já nos arredores de Atake, uma antiga cidade colonial, mais uma paisagem com belas cascatas que atingem os 50 metros de altura. Em Badou, há para admirar a cascata de Tomegbé, uma vegetação exuberante e ainda uma reserva de crocodilos e hipopótamos. Uma vasta riqueza vegetal e animal pode também ser encontrada no Parque Nacional de Fazao, onde os safaris são uma constante. Além das várias espécies animais, os turistas podem conhecer grutas, cascatas e a Falha do Alejo, uma fenda imponente na paisagem. O Parque Nacional de Kéron é outro ponto de paragem num país que alia o mosaico de culturas a paisagens quase selvagens e de rara beleza.

QRCode: Togo



Área: 56.785 km²

População: 5.858.673

Capital: Lomé (749.700)

Per capita (US$): 806

Língua: Francês

Religião: Cristianismo, Crenças Africanas