Namíbia

Namíbia ? Ainda jovem, a Namíbia (1990) é um país caraterizado essencialmente pelas paisagens desérticas e pela riqueza de espécies animais e de plantas que povoam o território. O Deserto do Namibe, junto à costa, e o Kalahari, no Interior, marcam em definitivo este país, que se liga ao rio Zambeze através da estreita Faixa de Caprivi. Constituída por 13 regiões, a Namíbia tem na cidade de Windhoek a sua capital. A fauna e flora do país têm sido responsáveis pelo crescimento exponencial do ecoturismo e da caça desportiva, permitida em algumas regiões.
A Namíbia integra uma das maiores concentrações de desenhos rupestres do continente africano. Localiza-se na região do Kunene e chama-se Twyfelfontein o sítio arqueológico, considerado pela UNESCO Património Mundial da Humanidade desde 2007. Além das pinturas de animais, nomedamente de rinocerontes, girafas e elefantes, há também representações da figura humana. A juntar à arte rupestre, o local conta ainda com abrigos feitos em rocha que dão nota dos rituais dos caçadores no passado.
Por todo o o território da Namíbia existem parques e reservas naturais, onde os safaris são uma constante e onde se podem observar bem de perto várias espécies de animais. O Parque Etosha é um desses exemplos. Elefantes, leões, leopardos ou búfalos são apenas algumas das espécies que podem ser observadas. O mesmo acontece no Parque Naukluft, repleto de dunas, penhascos e pequenas lagoas, na época das chuvas. Outro ponto de interesse é Sossusvlei, com as suas dunas avermelhadas.
Na costa do país, é imperdível uma passagem pela Skeleton Coast (Costa dos Esqueletos), local onde se encontram vários ossos de baleias e de focas. Além disso são visíveis algumas embarcações naufragadas, motivo pelo qual o local ganha ainda uma componente de maior mistério. Na zona costeira, realce-se ainda Swakopmund, uma estância popular entre o Atlântico e o deserto do Namibe, com marcas da presença alemã no território. Também na costa, uma chamada de atenção para Cape Cross, a maior reserva de focas da costa Sul de África.
Mas os tesouros da Namíbia não se esgotam. Uma mistura de cores fascinantes pode ver-se em Brandberg, também conhecida como ?Montanha de Fogo?. A grande fenda de Fish River Canyon é outro ponto de paragem obrigatório, bem como Damaraland, com belas paisagens, marcadas pelos cursos de água, que serpenteiam as rochas de granito. As Cataratas de Epupa, na fronteira com Angola, são outro destino turístico de eleição. As quedas de águas percorrem cerca de 1,5 kms. A maior tem 37 metros.
Walvis Bay é outra reserva natural a não perder. A região, que é maior produtora de sal do continente, tem ainda a particularidade de acolher por altura do Verão 80 mil aves, num espetáculo fascinante para os amantes da ornitologia. Quem além da riqueza animal do país, quiser satisfazer a curiosidade de saber como vivem algumas das tribos que ainda permanecem no território pode aventurar-se no Parque Natural kaokoland, onde existem várias aldeias Himba. Os costumes ancestrais desta tribo e os rituais que mantem mostram que, embora jovem, a Namíbia ainda conserva costumes bem antigos e que o passar do tempo não apagou.

QRCode: Namíbia



Área: 825.418 km²

População: 2.020.916

Capital: Windhoek (268.132)

Per capita (US$): 5.249

Língua: Inglês, Africâner

Religião: Cristianismo