Mauritânia

Banhada pelas águas do Atlântico, a Oeste, a Mauritânia (1960) é maioritariamente constituída por planícies desertas, arenosas e cheias de dunas douradas, que se vão moldando ao sabor do vento. País exótico, a Mauritânia é também uma nação de contrastes, entre as praias e o Saara, entre a população urbana e as comunidades nómadas, entre as grandes avenidas e os ancestrais mercados, onde tudo se vende.

Com uma população hospitaleira e sempre disposta a acolher os visitantes e a servir uma boa refeição ou um chá com menta, o país tem em Nouakchott, "o lugar do vento", a capital. Na costa do país, trata-se de uma cidade simples, que foi ganhando população graças à fuga das tribos nómadas do deserto, que chegaram a Nouakchott em busca de melhores condições de vida.

Carros antigos e ruas estreitas marcam a paisagem da cidade, onde se destacam as várias mesquitas, o Museu Nacional, os tradicionais e coloridos mercados, o Centro Nacional de Tapetes ou o Centro Artesanal Feminino. A capital da Mauritânia é ainda um importante porto de pesca artesanal, não sendo difícil ver os pescadores carregarem os barcos até ao mar ou comer um bom peixe nos restaurantes da cidade, com cerca de 881 mil habitantes.

Chingetti é outro local de paragem obrigatória no país, por ser uma das mais importantes cidades do mundo islâmico. Além dos vestígios do passado, nomeadamente o minarete e as ruas estreitas, a cidade cativa pelas festividades pitorescas que os povos nómadas ainda conservam. Os vestígios dos antigos ksurs de Cinguetti, bem como os de Uadane, Tichit e Ualata estão classificados pela Unesco como Património Mundial.

O mesmo acontece com o Parque Nacional de Banc d'Arguin, na costa Oeste, onde passam e se reproduzem anualmente milhares de aves migratórias. Além da biodiversidade riquíssima, o local distingue-se pelos sítios arqueológicos que se encontram na região e permitem conhecer antigos hábitos de vida dos povos nómadas. No Oeste do país, saltam à vista as belas e quase desertas praias e, caminhando para o Interior, as dunas e estradas cobertas de areia, com vários entrepostos, onde se negoceiam cabras e camelos.

Mais a Sul do país, os principais pontos de interesse são as dunas de Boutilimit, os mercados de Kaidi, a mesquita e o forte de Tidjikja ou as pitorescas populações de Rosso, Nema, Kiffa ou Ayoun-el-a Troûs. O Planalto de Adrar, o Lago Trarza, o canyon Paso Amojar ou o Porto Mineralino de Nouadhibou são mais alguns locais interessantes na Mauritânia, um território marcado pelo estilo de vida tranquilo, apesar da insegurança que se mantém em grande parte do país, o 29º mais extenso do mundo.


QRCode: Mauritânia



Área: 1.030.700 km²

População: 3.069.000

Capital: Nouakchott (661.400)

Per capita (US$): 2.402

Língua: Árabe e Francês

Religião: Islamismo