Camarões

Chamam-lhe -África em miniatura-, pela diversidade ecológica, cultural e linguística que integra no seu território. Os Camarões (1960) localizam-se no Ocidente da África Central e têm praias, desertos, montanhas, savanas e florestas tropicais. Mais de 200 grupos étnicos e linguísticos povoam o país, um dos mais calmos do continente negro mas que, ainda assim, não foge de fenómenos como a pobreza ou o baixo desenvolvimento.

Douala é a maior cidade do país e a sua capital económica. As exportações passam todas pelo porto desta cidade, rodeada de plantações de cacau, banana e café. Os mercados da cidade, nomeadamente o do Artesanato são pontos de paragem obrigatórios. No centro-sul do país encontramos a capital, Yaoundé. É aqui que se encontram os edifícios governamentais, vários espaços verdes e uma série de monumentos que valem uma visita. O Monumento a Charles Atangana, o Palácio do Congresso, a Catedral de Notre Dame des Victoires, a Basílica Marie Reine des Apôtres, o Museu das Artes, o Museu Tibar e Bamoun e o Mercado M?foundie fazem parte do cartão-de-visita desta capital africana, habitada por gentes simpáticas e hospitaleiras.
Ponto de atração turística são também as praias do país, nomeadamente as de Kribi, onde a areia dourada contrasta com a água escura e as enormes rochas de basalto. Não muito distantes desta zona costeira, outro local a visitar é Lobe, onde se podem ver belas cascatas, cuja água cai direta para o mar. Nada como fazer uma refeição num dos pequenos restaurantes locais onde o turista é convidado a ir com o cozinheiro escolher o peixe.

As praias de Limbe, com uma vegetação exuberante, as cascatas de Dschang, a -Rota da Selva- de Bamenda e os vários palácios de reis e sultões de Maga são outros pontos de bastante interesse. O mesmo acontece com os dois locais classificados pela UNESCO como património mundial da Humanidade: a Reserva de Fauna Dja, um dos mais vastos bosques húmidos de África, e o Sangha Trinacional, onde abundam ecossistemas e reservas de fauna e flora soberbas.
Cultura e natureza unem-se na República dos Camarões numa simbiose difícil de visitar em África, sem correr grandes riscos. O país está, para já, salvaguardado de grandes conflitos, o que permite ao turista visitar a variedade do país com tranquilidade, sem grandes gastos e saborear o que continente negro tem de melhor. 

QRCode: Camarões



Área: 475.442 km²

População: 18.467.692

Capital: Yaoundé (1.299.369)

Per capita (US$): 2.088

Língua: Francês, Inglês

Religião: Cristianismo, Islamismo, Crenças Africanas