Burundi

O Burundi (1962) é um pequeno país interior da região dos Grandes Lagos Africanos, dividido em 17 províncias. Na sua capital, Bujumbura, o estilo colonial dos edifícios, o mercado, a mesquita e a catedral são os pontos de maior interesse da cidade, gerada em redor de uma pequena aldeia. Não muito longe, situa-se o Parque Natural de Rusizi, um dos mais ricos do país em termos de biodiversidade. Kibira e Ruvubu são reservas naturais de grande importância. Outra das atrações é o Lago Tanganica, o segundo maior de África, localizado no braço ocidental do Vale do Rift. As cascatas de Karera e a praia natural de Resha são também dois locais a não perder. Em geral, é um país de planaltos e montanhas com o ponto mais alto no Monte Heha, (2670 m). Aqui, com o derretimento do gelo, nasce um curso de água que é considerado a nascente do rio Nilo Branco. 

Os conflitos constantes entre grupos étnicos diferentes, bem como o facto de ser um país sem saída para o mar e sem grandes recursos naturais, fizeram com que a população sentisse dificuldades para gerar crescimento económico. O Burundi é considerado o país de toda a África e um dos cinco mais pobres do mundo. Vive essencialmente da agricultura, sendo o café o produto mais exportado desde há largos anos.

Belas paisagens naturais e lagos com uma vida selvagem admirável são as imagens de marca de um país que vai tentando sobreviver, apesar das dificuldades económicas, políticas e sociais que recheiam a sua História e ainda marcam o quotidiano das suas gentes.

QRCode: Burundi



Área: 27.834 km²

População: 8.691.005

Capital: Bujumbura (331.700)

Per capita (US$): 372

Língua: Francês, Kirundi, Suahili

Religião: Cristianismo, Islamismo, Crenças Africanas