Antígua e Barbuda

Um estudo científico considerou a Antígua e Barbuda como o 16º país mais feliz do mundo. A felicidade das gentes que habitam as ilhas do arquipélago pode dever-se aos cenários paradisíacos que servem de cenário ao seu quotidiano. Praias de águas calmas banham a costa das 37 ilhas, sendo as duas maiores as que dão nome ao estado, Antígua e Barbuda. Há mais 6 ilhotas em destaque, Great Bird, Green, Guinea, Long, Maiden e York, e ainda 29 ilhas desabitadas, entre elas Redonda, uma ilha rochosa com uma reserva importante ao nível da fauna e da flora.
Descobertas por Cristóvão Colombo, estas ilhas vivem essencialmente da atividade turística, mas também da agricultura e da extração petrolífera. Antígua é a maior das ilhas e aquela que acolhe a capital, Saint John?s, uma cidade com claras marcas indígenas, um porto belíssimo e diversas baías nas proximidades. Diz-se na ilha que são 365 as praias existentes, ?uma para cada dia do ano?. Deep Bay, Dickanson Bay, Runaway Bay, Long Bay ou Rendezvous Bay são apenas alguns exemplos de belas baías com praias em que se mistura o branco da areia com o turquesa das águas, que acolhem banhistas e apreciadores dos desportos náuticos.
Além das praias, Antígua tem uma história e uma cultura bem interessantes, pelo que se aconselha uma visita a alguns lugares de destaque, nomeadamente a Doca de Nélson ou Porto Inglês, uma antiga base naval britânica, que pode vir a tornar-se Património da Humanidade. Os Fortes Bay e Barrington, o Museu onde se pode ver uma casa Arawak (típica do primeiro povo a habitar as ilhas), o Parque Nacional de Half Moon Bay ou a catedral anglicana são outros locais a visitar num intervalo do descanso ao sol.
De origem coralina e ainda com um pequeno vulcão, Barbuda é também ponto de convergência de turistas de todo o mundo, nomeadamente de mergulhadores. Para ver as cores do mar do Caribe, as areias rosadas da parte sudoeste da ilha ou à procura de tesouros em navios afundados, são muitos os que mergulham ao largo de Barbuda, considerada ainda um paraíso para os observadores de aves, que têm na Lagoa de Codrington o local de eleição. Tartarugas, tubarões e outros animais também podem ser vistos de perto nesta ilha, que tem precisamente em Codrington a cidade mais populosa.
A Ponte Devils ou o Green Castle Hill são mais dois locais a visitar neste país, que além da beleza natural, tem uma cultura bem interessante, que mistura costumes indígenas com influências britânicas, americanas e caribenhas, não fossem elas parte das Ilhas Leeward, das Pequenas Antilhas. O Carnaval, que se realiza em Agosto, é um dos eventos mais cativantes do país. As festas prolongam-se por dias e têm lugar sobretudo na Doca de Nélson. Os festejos marcam o fim da escravatura em 1834. Outro evento importante e que atrai às ilhas cerca de 150 embarcações é a Semana da Navegação, que tem lugar entre o Porto Inglês e o Porto Falmouth. São também muitos os turistas que se deslocam à ilha para assistir ao espetáculo desportivo, mas também marcado pelos eventos culturais.
Com praias para todos os gostos e para todos os dias, a Antígua e Barbuda é, certamente, um bom local para quem desfrutar do sol, do mar e da hospitalidade das gentes que povoam as ilhas, pelo que não e difícil ser-se bem recebido e deslumbrado por estas paragens.

QRCode: Antígua e Barbuda



Área: 441 km²

População: 88.000

Capital: Saint John's (26.226)

Per capita (US$): 17.308

Língua: Inglês

Religião: Cristianismo